Entregamos em Porto Alegre

Afinal, o que é uma alimentação equilibrada e como mantê-la?

Nossa saúde é, em boa medida, definida pela qualidade da alimentação. Em uma época de radicalismos alimentares, é necessário entender que a comida deve ser vista como uma aliada ao desenvolvimento das funções do organismo. Mas comer não pode deixar de ser prazeroso, certo?

Sendo assim, mais do que contar calorias ou comer alimentos considerados saudáveis por algumas pessoas e banir aqueles chamados de “errados”, uma alimentação equilibrada é aquela que aposta em comida de verdade.

Se a alimentação balanceada é vista mais como uma atitude do que como uma dieta, fica muito mais fácil mantê-la! Veja, neste post, algumas dicas sobre como melhorar a sua alimentação.

Variedade e moderação são as chaves

Nosso corpo precisa de água, carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas, fibras e sais minerais. Quanto mais colorido for o nosso prato e mais variada a dieta, mais garantimos a ingestão dos nutrientes de que nosso corpo precisa.

No dia a dia, é importante aumentar o consumo de legumes, frutas e verduras. Ao mesmo tempo, é necessário reduzir o consumo de gorduras, sal e açúcar, reeducando o paladar acostumado com alimentos ultraprocessados com sais, açúcares, realçadores de sabor e conservantes em excesso. Também é importante alimentar-se várias vezes por dia e não pular refeições.

A regra de ouro da alimentação equilibrada

Segundo o Guia alimentar para a população brasileira do Ministério da Saúde, a regra de ouro da boa alimentação é preferir os alimentos in natura ou pouco processados. Também vale escolher preparações culinárias no lugar de alimentos ultraprocessados.

As comidas mais naturais ou que passam por menos processos de fabricação são recomendadas para que a alimentação seja balanceada e, claro, saborosa. Além disso, ainda segundo o guia, ela promove a cultura de uma região e um sistema alimentar sustentável, tanto social quanto ambientalmente.

Já os alimentos ultraprocessados, que passam por técnicas de fabricação com alta quantidade de açúcares, sal, gordura, texturizantes e realçadores de sabor, são pobres em micronutrientes. Por isso, evite salgadinhos, biscoitos recheados, refrigerantes, enlatados e alimentos instantâneos.

Sendo assim, saudável, mesmo, é a comida feita com ingredientes de origem vegetal ou animal e não a que leva produtos químicos de nomes, muitas vezes, impronunciáveis.

Os alimentos prontos como aliados

O desafio é conseguir manter essa alimentação no dia a dia, conciliando o planejamento alimentar com a rotina corrida.

Poucos dispomos de tempo para planejar as refeições, comprar os ingredientes e prepará-los como gostaríamos. Se o objetivo é evitar produtos alimentícios de baixa qualidade e reduzir os custos de comer sempre em restaurantes, a comida congelada pode ser uma importante aliada, desde que seja fabricada como uma refeição caseira.

A comida congelada pode trazer praticidade e comodidade à rotina, sem comprometer o sabor e a qualidade da refeição.

A alimentação equilibrada, portanto, é aquela que atende às nossas necessidades nutricionais. Para mantê-la, podemos contar com empresas que facilitam nossa vida fazendo por nós aquilo que nossas mães e avós faziam no passado: um alimento gostoso, saudável e com ingredientes selecionados.

Conheça os produtos da Brubins e veja como pode ser fácil manter uma alimentação equilibrada e deliciosa!